Piso de madeira maciça

Piso de madeira maciça é um dos revestimentos nacionais que temos mais nobre no mercado

De antemão podemos destacar que existem vários tipos de revestimento, madeira engenheirada, multiestruturada, taco de madeira, piso pronto de madeira, assoalho de madeira, tg4 de madeira, parquet de madeira.

O que devemos levar em conta ao escolher um piso de madeira?

Primeiramente devemos nos preocupar com a base que irá receber o piso de madeira, seja esta, piso elevado, contra piso, laje, etc. Este pavimento é o qual nos vai dar a segurança e garantia que o piso de madeira irá durar boas décadas.

Caso pense em instalar/colocar o piso de madeira em uma casa térrea, preocupe-se com impermeabilização, normalmente as casas são construídas em cima do terreno natural, é difícil ver casas que dão os espaços entre fundação e a primeira laje ou “radier”.
Portanto antes de ter seu piso de madeira colocado observe este ponto.

Piso de madeira laminado, vinilico, porcelanato, entre outros não possuem força mecânica, portanto são materiais que possuem uma dilatação e contração porém bem pouco, não necessita de um contra piso forte, rígido e espesso para proporcionar a garantia e qualidade na instalação e uso, ma o piso de madeira também é diferente neste aspecto.

Quando falamos de piso de madeira colocado, devemos saber este contra piso esta resistente?

Faça o teste, pegue uma chave de fenda, formão ou algo pontudo resistente e faça um jogo da velha com força no contra piso, se o mesmo “esfarelar” quer dizer que este contra piso está fraco para receber.

Ao mesmo tempo outro teste que deve ser realizado em conjunto é com o martelo, promova batidas no contra piso a fim de observar se o mesmo “esfarela” ou se movimenta uma placa grande, esse pré diagnóstico nos alerta se o mesmo esta compatível em receber o piso de madeira maciça, ou esta “descontraplacando”.

Meu contra piso está ruim, e agora?

Antes de mais nada, existe algumas soluções:
1_aplicar um endurecedor de contra piso (esta solução não se aplica em todos os casos, precisa ser analisado com cuidadosamente por alguém especializado e técnico).
2_refazer o contra piso, com uma massa 3 x 1 (sendo três latas de cimento para uma lata de areia), bem umidificado e bem compactado, com espessura minima de 4 cm, sendo o ideal ser 5 cm.
3_barrotes, aqui a mão de obra é maior, pois é necessário cortar o contra piso em linhas com vãos de no minimo 6 cm de largura, por 6 de cm de espessura, instalar os barrotes nos vãos e “chumbar” com massa forte.
4_mdf ou compensado, parafusar placas com minimo de 12mm de espessura e colocar o piso por cima.

Vale lembrar, que a opção que sempre orientamos é refazer o contra piso com a “receita” da massa correta, esta opção é a mais demorada porém a que trará maior garantia que nada acontecerá com o o revestimento.
Dessa forma, após realização completa do contra piso desempenado, se faz necessário aguardar de 20 a 30 dias a evaporação da água contida na realização desta massa chamada de contra piso.

Por fim qualquer dúvida que tiverem não exitem em nos ligar, mandar e-mail ou whatsapp, estamos dispostos ajudar com dicas, soluções e certamente prestar um ótimo atendimento a sociedade como um todo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *